Deus ouve orações – A história Hagar e Ismael

Pregação – Deus ouve orações – A vida de Hagar e Ismael”.
Pr. Anésio Rodrigues – Comunidade Carisma

Muitos textos bíblicos são coletâneas de contos antigos transmitidos oralmente através de muitas gerações. Por isso, ao mesmo tempo que sua compreensão para nós se torna difícil, quando solucionamos as barreiras culturais e literárias, passamos a ter contato com textos belíssimos, cheios de ensinamentos práticos, banhados com revelação de um Deus amoroso.

A historias que vamos estudar em nosso tema de hoje (Gênesis 16 e 21) são, em sua origem, contos de escravas. Eram histórias contadas junto aos poços. Os poços eram o espaço publico privilegiado das mulheres naquele tempo, e até hoje em alguns lugares da África. Buscar água era tarefa feminina. Tarefa que não era feita com pressa: era um evento. Era um momento só delas, de liberdade e identificação de grupo. O poço era o mundo da mulher, e por aí se contavam as historias de Hagar. Quem contava era quem carregava água, eram moças e escravas, semelhantes a Hagar.

Interessante que aí, junto ao poço, nesse mundo próprio e livre das escravas, das filhas das carregadoras de água, o mundo da casa grande, da casa patriarcal, não é portador de esperança. Esperança é a fuga para o deserto afora. Nesse texto bíblico, quando a escrava foge, tem-se experiência com Deus e surge poesia e profecia no texto. Na fuga se encontram as orações e o olhar poético.

Nesse texto sobre Hagar e Ismael, você irá aprender lições que mostram que Deus ouve a escravos, e não a quem escraviza. Deus não suporta opressões!
É interessante que a escrava aqui é egípcia. Egito, na consciência do povo de Israel é sinônimo de opressão. Só que aqui, quem oprime é o Patriarca de Israel, e quem é oprimido é uma Egípcia. Esse texto é uma auto-crítica. É Israel vendo os seus defeitos no espelho com toda a sinceridade.

Convido você a fazer uma leitura do texto de Gênesis capítulos 16 e 21 e acompanhar o nosso ensino deste domingo, 17 de Janeiro de 2016 na Carisma, em Osasco: “Deus ouve orações – A vida de Hagar e Ismael”.

Um grande abraço!
Anésio Rodrigues

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*